" A Colectividade Laica Equitativa" : A CARTA, Artigo 5 !

 

     A 
      C olectividade 
        L aica 
          E quitativa



"a carta"


Artigo 5

 

"A COLECTIVIDADE DE SERVIÇOS" 


Alcançar das trocas de Serviços e as Bens: 

Entre os participantes identificados, "Doador" e "Cobrador." Entre um participante identificado e um Terço (Comunidade, Associação, etc.). 

Entre um participante e para ele. 

Sem falar de dano nas atividades profissionais locais. 

(Em todo caso de impossibilidade fazer ou percebem comprar, por motivo de deficiência, organizações de comércio locais, ou por causa de uma falta de meios financeiros do " o demandante Participante"). 

Os Serviços, Comestíveis, Bens, Materiais, Equipamentos, Artigos, Produtos, a Papelaria, etc., é transformado "tempo equivalente ". 

A unidade deles é igual à uma hora de atividade. 

Uma hora de quantias de atividade para 70 €uro (valor passível de revisão). 

A base semanalmente máxima de "doação de tempo" é de 20 horas. 

Todo "participante" recebe uma atribuição anual de: 

52 X 20 horas = 1040 horas no ( doação  do tempo), em uma reserva,
ele usa a seu critério, sob o controle do conselho.
O tempo de troca são de balcão, por horário, "
doação  de tempo." 

As horas   e horas   recebeu   os dados devem   ser sempre   equilibrada.   Viajar   é considerado.
A quota de base não deve exceder 1000 horas.
A atividade   pessoal ou   de utilidade   social,   pode ser considerado   como uma  doação  de tempo para   um terceiro (após aprovação pelo   conselho local   ou a hierarquia).
Casos especiais ( dom  de   tempo para   a Colectividade)   estão sujeitos   à decisão   dos conselhos locais, departamentais   ou regionais, de acordo   com as agências   em causa.


Casos contenciosos são trazidos à hierarquia nacional.

Técnica de controle, a regularidade   do troca   é realizadoa cada mês.
Um   apuramento das contas   é feito   no final do ano.

Conselheiros, donas de casa   (com filhos menores de   16 anos) ou   trabalho (em   proporção   a qualquer   um   a tempo parcial),   pessoas com mais de   60 anos ou   deficientes,   nãofaz-de-conta.
O "rendimento" em   excesso de   horário (mais de 20   horas semanais   em média),   são consideradas   voluntárias.
O   "gasto"   no tempo (abaixo da   média de 20   horas semanais em media)   deve corrigir   o defeito   o mais rapidamente possível   e justificado,   sob pena   (remoção de exclusãotemporária ou permanente, revendo o caso, de acordo com a procedimento).

Bolsas de mercadorias são proibidas:
Todos os produtos farmacêuticos.
Todos os produtos reconhecidos nocivas ou perigosas.
 

 

 

Em francês :
  La
  C ollectivité
    L aïque
      E quitable
La Cle PNG.png

 

Uma colectividade de trocas
Uma organização independente
Uma rede de solidariedade colectiva

 

"A Carta" 
coordena 
a assembléia 
da "Chave"
La Clé

© 2011 A Colectividade Laica Equitativa - 83136 GAREOULT |  E mail : pcgportugal83@gmail.com
 
 
ce site a été créé sur www.quomodo.com